FORMAÇÕES PROFISSIONAIS

O Degrau Para o Seu Empreendimento

AEMIREP

A AEMIREP está a levar a cabo formações completamente gratuitas para todas as pessoas interessadas em reforçar ou em adquirir conhecimentos técnicos que complementem o seu curriculum e consigam  levar a cabo os seus projetos ou ideias de negócio. Bem como, entrar no mercado laboral português.

As formações serão as seguintes:

P1 – PERCURSO 1 = TÉCNICO DE MULTIMÉDIA (Nível 4)

O que faz?

Conceber e desenvolver sistemas e produtos multimédia através de criação de ecrãs em 2 e 3 dimensões da captação, e digitalizar, tratar e integrar sons e imagens, fixas e animadas, tendo em vista soluções de informação e comunicação.

25H = 8847 – Animação Interativa

25H = 8848 – Web Marketing

50H = 0160 – Promoção e apresentação de um projeto multimédia

50H = 8850 – HTML5

50H = 0161 – Execução do produto multimédia final

P2 – PERCURSO 2 = TÉCNICO DE COMUNICAÇÃO (Nível 4)

O que faz?

Participar no planeamento e desenvolvimento de estratégias de marketing e de comunicação da organização, quer na vertente interna quer na vertente externa, através das relações públicas e da publicidade.

50H = 9828 – Plano Estratégico de comunicação

50H = 9829 – Criatividade em comunicação e publicidade

50H = 9836 – Relações públicas na estratégia das organizações

25H = 9838 – Gestão da relação c/ público 

25H = 9831 – Campanha publicitária 

25H =9834 – Gestão operacional de marketing

25H = 8600 – Competências empreendedoras e técnicas de procura emprego

P3 – PERCURSO 3 = TÉCNICO DE APOIO À GESTÃO (Nível 4)

O que faz?

Assegurar a aplicação dos procedimentos técnico – administrativos necessários à elaboração, aplicação e atualização, dos instrumentos gerais de gestão, na empresa ou serviço público.

50H = 0612 – Noções básicas de gestão técnica de RH

50H = 0649 – Estrutura e comunicação organizacional

25H = 8600 -Competências empreendedoras e técnicas de procura emprego

25H = 0618 -Aquisição de equipamentos e serviços

25H = 0649 – Estrutura e comunicação organizacional

P4 – PERCURSO 4 = SERRALHEIRO MECÂNICO DE MANUTENÇÃO (Nível 4)

O que faz?

Efetuar a instalação, reparação e manutenção de equipamentos mecânicos, pneumáticos e hidráulicos, procedendo à regulação, afinação e substituição de peças, órgãos e dispositivos auxiliares, de acordo com as especificações técnicas dos equipamentos e respeitando as normas de segurança, higiene e saúde no trabalho e de proteção do ambiente.

50H = 7849 – Implementação de um sistema de gestão da qualidade

50H = 0729 – Auditorias ao sistema de gestão da qualidade

25H = 5167 – Melhoria da Qualidade

25H = 0717 – Metodologias de implementação de sistemas de gestão da qualidade

25H = 0726 – Custos da qualidade 

25H =0730 – Monitorização e medição dos processos / produto

Formações para empreendedores

P5 – PERCURSO 5 = SOLDADOR (Nível 2)

O que faz?

Efetuar a soldadura de conjuntos, estruturas e tubagens metálicas, utilizando os equipamentos e as ferramentas adequados, de acordo com as instruções técnicas e cumprindo as exigências de qualidade expressas nas normas e códigos específicos da atividade e respeitando as normas de segurança, higiene e saúde no trabalho e de proteção do ambiente.

50H = 6586 – Desenho técnico – introdução à leitura e interpretação

50H = 6594 – Desenho técnico – leitura e interpretação

25H = 8600 – Competências empreendedoras e técnicas de procura de emprego

25H = 8083-Desenho de construções soldadas – leitura e interpretação

P6 – PERCURSO 6 = OPERADOR DE ELETRÓNICA INDUSTRIAL E EQUIPAMENTOS (Nível 2)

O que faz?

Executar a instalação e a manutenção de equipamentos e sistemas eletrónicos elementares, assegurando a otimização do seu funcionamento, de acordo com as normas de higiene, segurança e ambiente.

50H = 1384 – Práticas tecnológicas

50H = 1397 – Automatismos e autómatos programáveis

25H = 1401 = 1401 – Projeto – eletrónica industrial e equipamentos

25H = 1394 – Práticas tecnológicas

25H = 1399 – Sistemas de controlo

25H = 1400 – Princípios de Robótica

P7 – PERCURSO 7 = OPERADOR DE ELETRÓNICA/TELECOMUNICAÇÕES (Nível 2)

O que faz?

Executar a instalação e a manutenção de equipamentos e sistemas eletrónicos elementares, assegurando a otimização do seu funcionamento, de acordo com as normas de higiene, segurança e ambiente. Preparar e organizar o trabalho a fim de executar a instalação e/ou a manutenção de equipamentos e sistemas eletrónicos elementares; Executar a instalação de equipamentos e sistemas eletrónicos industriais elementares, utilizando os procedimentos adequados; Executar a manutenção preventiva e corretiva de equipamentos e sistemas eletrónicos industriais elementares, utilizando os procedimentos e os equipamentos adequados; Executar a instalação de equipamentos e sistemas eletrónicos de áudio e vídeo elementares, utilizando os procedimentos adequados;

50H = 3831 – Projeto Telecomunicações

50H = 1379 – Eletrônica Digital

25H = 1376 – Instalações elétricas – eletrónica

25H = 3830 – Leitura e interpretação de sistemas de telecomunicações

P8 – PERCURSO 8 = TÉCNICO DE COZINHA/PASTELARIA (Nível 4)

O que faz?

Planear, coordenar e executar as atividades de cozinha-pastelaria, respeitando as normas de higiene e segurança, em estabelecimentos de restauração e bebidas, integrados ou não em unidades hoteleiras, com vista a garantir um serviço de qualidade e satisfação do cliente.

50H = 4665 – Alimentação racional, nutrição e dietética

50H =4676 – Cozinhas do mundo

50H = 7731 – Higiene e segurança alimentar na restauração

50H = Controlo de custos na restauração

25H = 8600 – Competências empreendedoras e técnicas de procura de emprego

5H = Higiene e segurança alimentar na restauração

De forma a tirar algumas duvidas, pedimos à nossa colega Carla, da CAPACITARE (Entidade encarregada de promover e levar a cabo esta iniciativa), que responda 16 perguntas chaves para entender melhor as formações e como candidatar-se a elas:

Estas formações estão enquadradas no Fundo Social Europeu (FSE) ao abrigo do programa Operacional Regional Lisboa 2020 (PORL), no âmbito da Tipologia Formação Modular para empregados e desempregados levadas a cabo pela Associação Empresarial de Migrantes e Refugiados (AEMIREP) como entidade promotora e a IG-FORMA, como entidade formadora.

Sim, são! A entidade formadora IG-FORMA  é uma entidade formadora acreditada pela DGERT pelo que todas as formações ministradas neste âmbito serão certificadas.

São todas as pessoas maiores de 18 anos que saibam ler e escrever e estejam devidamente regulares em território nacional. Podem estar em situação de desemprego ou empregadas.

Fazer formação é fundamental, pois permite-nos adquirir novas competências, conhecimento e ainda estar a par das novidades de diferentes indústrias/áreas de formação.

Para além de que, nos permite elevar o nosso CV/qualificações e com isso permitir-nos aceder a novas oportunidades de emprego.

– Deves residir na área metropolitana de Lisboa

– Se fores estrangeiro, deves estar regular em território nacional; Deves ter o teu Certificado de Habilitações reconhecido em PT (equivalência);

– Deves ter a tua morada fiscal num dos municípios da área metropolitana de Lisboa;

– Se fores nacional, deves ter documento válido;

– Deves ter o teu certificado de habilitações devidamente reconhecido em PT, caso tenhas estudado fora.

– Deves estar em situação de desemprego comprovado (inscrição no IEFP) ou no ativo (p/ conta de outrém ou inicio de atividade)

– Deves apresentar o IBAN

– Outros documentos necessários como declarações de honra e consentimento (serão entregues no ato da inscrição)

Só beneficiam da bolsa cidadãos estrangeiros desde que tenham Título de Residência Permanente ou Cartão de Residência (de familiares da União Europeia).

Mas, podem se inscrever todos os cidadãos estrangeiros desde que tenham Título de Residência válido ou caducado e que tenham novo agendamento.

Todos os candidatos elegíveis á inscrição terão possibilidades de serem certificados, desde que cumpram com as regras de aproveitamento e assiduidade.

Infelizmente não, pois estamos obrigados ás regras da UE.

Para este efeito não!

Mas, caso tenha agendamento próximo deve anexar o comprovativo do agendamento e a equipa tentará enquadrá-lo noutras formações mais próximas, uma vez que este programa irá decorrer até 2022.

Sim, pode!

Tendo que cumprir todos os requisitos obrigatórios.

Sim pode, desde que que entregue toda a documentação nesse sentido.

Devendo juntar no ato da inscrição o seguinte: Ficha de inscrição + Doc. Identificação + Certificado de Habilitações + Comprovativo morada fiscal + Declaração da entidade patronal (especificando cargo, horário laboral e desde quando está a trabalhar na empresa) + IBAN (em nome próprio) + Declaração de consentimento e outros

As formações são ministradas em horário pós laboral (das 18H30 ás 21H30) e são 2x por semana.

Podendo ser 2ªf | 4ªf ou 3ªf | 5ªf, evitando fazer formação ás 6ªf para possibilitar a possibilidade de recuperação de sessão ou descanso.

Não, pois podem vir a sofrer alterações.

Neste momento e ainda durante o 1º semestre as formações serão em regime online.

As formações online obrigam-nos a ter as gravações de todas as sessões, porém a disponibilização das mesmas que não seja para efeitos de auditoria não são permitidas.

Mas, as entidades implicadas e os formadores tudo farão para disponibilizar os recursos aos seus formandos.

Sim. Por cada dia que falta é subtraído o subsidio de refeição.

Porém, estas formações não permitem que se falta mais de 10% da carga horária.

Logo numa formação modelar de 25H só poderá faltar até ao máximo de 2,5H ou 5H para formações de 50H.

Este subsidio de alimentação tem um valor unitário de 4,77€/dia.

Pelo que deverás multiplicar este valor pelo nº de dias das formações.

As inscrições podem-se fazer de diferentes formas:

Electrónicaaemirep.pisf@gmail.com | aemirep.form@aemirep.pt

PresencialAmadora ou Lisboa

ELECTRÓNICA

– Deves enviar um email com o teu nome + contacto + email + nome da formação modular

– A equipa tratará de te enviar todos os documentos obrigatórios para assinar e completar

– Deves reeviar pela mesma via

– A equipa irá verificar toda a documentação e validar (ou não) a tua inscrição

– Serás contactado com a maior brevidade do inicio da formação

PRESENCIAL

– Deves escolher onde pretendes fazer a tua inscrição, podendo fazer nas instalações da Capacitare Inova, freguesia da Brandoa ou nas instalações da AEMIREP, na freguesia de Santa Clara.

– Deves contactar um dos espaços e agendar dia e hora para o efeito

  • Capacitare Inova – Amadora – 965 667 303 | 218 253 507

AEMIREP – Lisboa – 218 031 921 | 218 203 155 | 968 800 346

Não esperes mais e inscreve-te agora!
AEMIREP – Uma Associação Empresarial de Migrantes e de Refugiados de Portugal que permitirá alavancar o seu projeto.